Prefeitura inicia obras do Piscinão do Sapiantã

Foto-1---Willian-Leite-2
Piscinões atingem mais de 90% de obras concluídas (Foto: Ex Libris/PMI)

Para combater as enchentes em Itapevi, a Prefeitura está tocando três grandes obras que vão transformar a cidade: os piscinões do Suburbano, do Vitápolis e agora do Sapiantã, com as intervenções iniciadas no dia 1º de outubro. O investimento total das obras é de aproximadamente R$ 112 milhões.

O piscinão do Sapiantã está localizado ao lado direito da estrada Yoshihiro Iwahashi, no bairro do Sapiantã. O equipamento terá área de 22.402,09 m² e capacidade para receber 81.830,00 m³, ou seja, 81.830.000 litros. O dispositivo terá 3,34 metros de profundidade. Os primeiros trabalhos são de escavação do reservatório.

Na sequência serão executados a regularização de platô (parte elevada e plana de um terreno) lateral, instalação e enchimento de geoformas têxteis (sistema construtivo), envio do material para Cava de Carapicuíba, plantio de gramas nos taludes (inclinação na superfície lateral de um aterro) e instalação de gradil metálico.

Com as obras do Sapiantã, a Prefeitura pretende reduzir o agravamento de inundações e resolver alagamentos.

O piscinão receberá águas do Rio Sapiantã, que é afluente direto da margem direita do Barueri-Mirim, que, por sua vez, desemboca sob a Rodovia Engenheiro Renê Benedito da Silva (SP-274), próximo ao Itapevi Center.

O Rio Sapiantã nasce em Vargem Grande Paulista, se desenvolve por aproximadamente 10,4 quilômetros até a sua foz, cruzando os bairros do Sapiantã, Vila Nova Esperança, Vila Santa Rita e bairros adjacentes.

Os piscinões do Suburbano e do Vitápolis devem ser concluídos até o final deste ano e as obras do Sapiantã devem ser finalizadas em 2019.

Piscinão Suburbano

Receberá as águas do córrego Paim para diminuir a ocorrência de alagamentos no bairro, na Cohab e no Centro. Ele fica entre a Avenida Rubens Caramez e as ruas dos Sulamericanos e dos Paulistas, nos fundos da Escola Estadual Prof. José Sérgio Pereira.

Os trabalhos no local foram retomados em abril deste ano e, hoje, 93,14% das intervenções já foram concluídas, segundo a Secretaria de Infraestrutura e Serviços Urbanos. O equipamento terá área de 16.500 m² e capacidade para receber 79.663 m³, ou seja, 79.633.000 litros.

No Piscinão do Suburbano estão sendo executados os seguintes serviços: escavação e regularização de taludes, margens esquerda e direita do reservatório; preparo das tampas pré-moldadas de concreto armado para cobertura do canal aberto existente entre imóveis, margem esquerda do reservatório; conclusão da linha de tubos para coleta dos esgotos lançados na área lateral do reservatório, para futura destinação pela Sabesp e recuperação e regularização da área.

Piscinões atingem mais de 90% de obras concluídas (Foto: Ex Libris/PMI)
Piscinões atingem mais de 90% de obras concluídas (Foto: Ex Libris/PMI)

Piscinão Suburbano

Receberá as águas do córrego Paim para diminuir a ocorrência de alagamentos no bairro, na Cohab e no Centro. Ele fica entre a Avenida Rubens Caramez e as ruas dos Sulamericanos e dos Paulistas, nos fundos da Escola Estadual Prof. José Sérgio Pereira.

Os trabalhos no local foram retomados em abril deste ano e, hoje, 93,14% das intervenções já foram concluídas, segundo a Secretaria de Infraestrutura e Serviços Urbanos. O equipamento terá área de 16.500 m² e capacidade para receber 79.663 m³, ou seja, 79.633.000 litros.

No Piscinão do Suburbano estão sendo executados os seguintes serviços: escavação e regularização de taludes, margens esquerda e direita do reservatório; preparo das tampas pré-moldadas de concreto armado para cobertura do canal aberto existente entre imóveis, margem esquerda do reservatório; conclusão da linha de tubos para coleta dos esgotos lançados na área lateral do reservatório, para futura destinação pela Sabesp e recuperação e regularização da área.

Piscinão do Vitápolis

O equipamento está localizado na divisa dos bairros Chácara Vitápolis, Jardim Dona Elvira e Cidade Saúde e está com 98,69% das obras executadas. O piscinão receberá águas do rio Barueri-Mirim, combatendo enchentes e alagamentos na região destes bairros e na região central de Itapevi.

As obras do piscinão do Vitápolis foram iniciadas no dia 7 de fevereiro de 2017 passado, com previsão de término até o final deste ano. O equipamento, que terá três metros de profundidade, é paralelo ao rio e irá captar o excesso de água quando o nível do rio ultrapassar a cheia. Ele terá capacidade de até 109 milhões de litros de água de armazenamento.

Tanto no piscinão do Suburbano como no do Vitápolis já foram realizados os seguintes serviços: terraplanagem do reservatório; escavação para aterro com a finalidade de criar estabilidade para o talude, carga e transporte; regularização do platôlateral, margem esquerda do reservatório sem atividade; trabalhos de instalação e enchimento das geoformas têxteis ao longo do perímetro interno, nível de fundo do reservatório sem atividade em razão da fluidez do material de escavação encontrado; envio de material para a Cava de Carapicuíba e plantio de grama nos taludes.

No Piscinão do Vitápolis ainda estão sendo realizados: continuidade do aterro lateral e compactação do talude no contorno do reservatório, de forma que sua cota fique em concordância com as áreas laterais existentes, em especial a que é utilizada para estacionamento do Estádio de Futebol; regularização do platô lateral, margem esquerda do reservatório; escavação interna do reservatório; escavação e execução de lastro para as geoformas têxteis; trabalhos de preenchimento das formas geotêxtis no pé do talude e instalação de gradil metálico.

As três obras: Suburbano, Vitápolis e Sapiantã são realizadas pelo Consórcio Barueri-Mirim, que é composto pelas empresas Soebe Construção e Pavimentação e Construtora Etama Ltda. Ele atua em parceria com a Prefeitura de Itapevi, que entra no projeto com contrapartidas financeiras, e o Governo Federal, por meio do Programa de Aceleração ao Crescimento (PAC).

Córrego Barueri-Mirim atinge 98% de obras concluídas

De acordo ainda com estudo realizado pela Secretaria de Infraestrutura e Serviços Urbanos, a canalização do córrego Barueri-Mirim encontra-se com cerca de 98% dos trabalhos executados. A obra está ligada diretamente ao Piscinão do Vitápolis, que está localizado ao longo de seu curso. A canalização do Rio Barueri Mirim inicia-se na Rua Orlando Higino de Moraes, prossegue pela Avenida Presidente Vargas e se estende até o final das Ruas Lafaiete Rodrigues e Boulevard Paulistana, já na divisa com o município de Jandira. 

Veja mais notícias sobre Itapevi.

Veja também: