Exposição itinerante sobre os 50 anos de construção da Rodovia Castello Branco vai para Santana de Parnaíba

unnamed

A CCR ViaOeste, concessionária que integra o Programa de Concessão de Rodovias de São Paulo, promove exposição sobre os 50 anos da construção da Rodovia Castello Branco (SP 280), uma das mais importantes vias de acesso ao Interior do Estado. A mostra ficará exposta no Cine Teatro, no centro histórico de Santana de Parnaíba, entre os dias 15 e 26 de outubro, e depois seguirá para as cidades de Osasco, Itu, Sorocaba e São Paulo.

A exposição, composta por 11 painéis, traz um conjunto inédito de fotos e informações históricas sobre a construção da rodovia, sua inauguração em 1968, além de remontar a trajetória da CCR ViaOeste em seus 20 anos de administração do trecho entre São Paulo e Sorocaba. A mostra é gratuita e indicada para todos os públicos.

"Projetada com um conceito de autoestrada até então nunca visto no País, a Castello nasceu no final da década de 1960 como a mais moderna rodovia brasileira", destaca Marcelo Boaventura, diretor da CCR ViaOeste. Marcelo ressalta que, já duplicada desde sua construção, a Castello foi concebida com uma série de diferenciais de conforto e segurança, curvas com ampla visibilidade, largo canteiro central já prevendo futuras ampliações, além de uma inclinação máxima que já permitia que os veículos daquela época fizessem todo o trajeto à 120 km/h.

"Nos últimos 20 anos, a CCR ViaOeste contribuiu para que Castello continue uma das mais modernas rodovias do País". Segundo o diretor, desde o início da concessão, os acidentes na Castello caíram 35% e as fatalidades diminuíram 41%, mesmo com o aumento de tráfego.

Trecho inicial da Rod. Castello Branco (SP 280), na região de Osasco, ainda tomado por vegetação e pouca ocupação urbana em 1968.

A Rodovia Castello Branco

A Rodovia Presidente Castello Branco (SP 280), nomeada incialmente como Auto-Estrada do Oeste, foi um marco na história da construção civil rodoviária, sendo a primeira obra dessa dimensão no País. Sua implantação, iniciada em 1963, representou uma decisiva contribuição para o aprimoramento tecnológico da engenharia nacional da época. Com seu primeiro trecho inaugurado em 10 de novembro de 1968, a rodovia ligou, com 171 quilômetros de extensão, a cidade de São Paulo ao município de Torre de Pedra, no interior do Estado, passando por Osasco, Barueri, Itapevi, São Roque, Mairinque, Sorocaba, Tatuí, entre outras cidades que passariam a ter seu desenvolvimento acelerado por meio da nova via.

Desde o início da administração do trecho entre São Paulo e Sorocaba pela CCR ViaOeste, em 1998, a Rod. Castello Branco recebeu importantes investimentos, como: a construção de 22 quilômetros de pistas marginais da Castello Branco, o Projeto Cebolão (remodelação do trevo de Jandira e implantação de novo viaduto para acesso da marginal Tietê), duplicação de 40 quilômetros da Rodovia Raposo Tavares, implantação da 4º faixa em diversos trechos da Castello Branco, além do diário trabalho de conservação e dos serviços de socorro pré-hospitalar e mecânico, em caso de emergências.

Serviço
Exposição – 50 anos da Rod. Castello Branco
Quando: de 15 a 26 de outubro
Onde: Cine Teatro Coronel Raymundo
R. Suzana Dias, 300 – Centro Histórico, Santana de Parnaíba - SP
Entrada Gratuita

Veja mais notícias sobre Santana de ParnaíbaExposições.

Veja também: