Um Presente Para Ramiro ensina como as crianças podem se organizar para realizarem seus sonhos

Um-Presente-Para-Ramiro_Foto-Joao-Caldas-F_14386press
Um Presente Para Ramiro (Foto: João Caldas)

A importância de se planejar e se organizar para concretizar os sonhos é a principal lição ensinada pelo espetáculo infantojuvenil Um Presente Para Ramiro, com texto e direção de Valdo Resende. Patrocinada pela Visa, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura do Ministério da Cultura e do Governo Federal, a peça estreia em uma temporada gratuita pelos CEUs e Fábricas de Cultura, com apresentações já agendadas entre 12 e 31 de outubro. O elenco é formado por Roberto Arduin, Conrado Sardinha, Isadora Petrin, Neusa de Souza eRogério Barsan.

A trama narra as descobertas de Ramiro em seu aniversário de 12 anos. Na véspera desse dia, seu avô Miguel, que diz ter poderes especiais, entra nos sonhos do neto para descobrir quais são os desejos dele. Depois de perceber que o garoto não aceita ficar sem presentes caros, o avô decide ensiná-lo sobre o valor das coisas.

Com a ajuda da prima Valentina e de Fortuna, um cofre em forma de um porquinho falante, Miguel propõe uma viagem ao passado para apresentar a Ramiro os sonhos e a história de seus pais. A proposta da peça é mostrar o conflito entre o querer e o não poder – presente na realidade de muitas famílias brasileiras – e as possíveis saídas éticas para essa questão.

O trabalho partiu de uma pesquisa sobre como as crianças lidam com a realidade financeira da família, revela o diretor Valdo Resende. "Durante meses nós estudamos esse tema e somamos a isso a nossa experiência em falar com esse público infanto-juvenil e, consequentemente, com os pais, pois são eles que levam os filhos ao teatro. Usamos uma linguagem própria para a idade para mostrar que há um valor real e concreto para as coisas e que precisamos de planejamento, investimento e economia para consegui-las", comenta.

A encenação evidencia a importância do valor real das coisas e não a importância do ter o que é caro, o que está na moda, o que dá status. Trata, ainda, do egoísmo em contraposição aos valores familiares. Dessa forma, apresenta e valoriza os brinquedos simples, antigos. "Resgatamos alguns brinquedos que estão desaparecidos, mas ainda permeiam o imaginário das pessoas. E a nossa cenografia (assinada por Djair Guilherme) é construída como um brinquedo que se monta e desmonta. Não temos um cenário na própria concepção da palavra, mas elementos cenográficos que vão compondo os ambientes onde as cenas ocorrem. A encenação se baseia em um teatro no qual as ações são construídas a partir do movimento dos atores, a partir da maneira com qual eles manipulam os elementos cenográficos", explica Resende.

Já os figurinos, assinados por Márcio Araújo, fazem referência a outras cidades e épocas e remetem o espectador a um mundo onírico. "Colocamos a cenografia, os figurinos, os adereços (de Renato Ribeiro) e a trilha sonora original (de Flávio Monteiro) em função do jogo lúdico para ajudar o Ramiro a perceber essa nova realidade em que ele precisa ir além como indivíduo", acrescenta.

Sobre o projeto

A circulação pela cidade de São Paulo ocorrerá até março de 2019. Escolas públicas, instituições e equipamentos culturais com interesse em receber apresentações gratuitas do espetáculo podem entrar em contato pelos seguintes canais: ou 11 3023-3040

@umpresentepararamiro (Facebook e Instagram)

Site: umpresentepararamiro.com.br

Sobre a Visa e seu apoio à educação financeira

A produção infantojuvenil Um Presente Para Ramiro é patrocinada pela Visa, reconhecida por desenvolver projetos voltados à educação financeira para crianças, jovens e adultos, por meio do Programa de impacto social Finanças Práticas. A empresa já patrocinou dois outros espetáculos do mesmo tema para crianças e empreendedores, além de ter sido reconhecida pelo selo ENEF (Estratégia Nacional de Educação Financeira) do Banco Central, que comprova a qualidade e a imparcialidade da empresa ao tratar do assunto.

Segundo Sabrina Sciama, diretora de comunicação corporativa da Visa, o espetáculo foi patrocinado pois, além de suas qualidades artísticas, está dentro do espírito do Programa. "Investimos na produção por compartilhar da opinião de que com uma melhor organização e planejamento de suas finanças, todos podem alcançar seus sonhos de uma maneira consciente e responsável". "As crianças têm um forte poder de influência dentro de sua casa e podem levar toda sua família a adotar fundamentos aprendidos na peça, como fazer um orçamento e poupar", acrescenta Sciama.

Sobre Valdo Resende (diretor e dramaturgo)

Dramaturgo, diretor, escritor, redator e editor, o mineiro Valdo Resende é mestre em Artes Visuais pela Unesp e leciona no curso de Propaganda e Marketing da UNIP. Seus últimos trabalhos no teatro foram para a produtora Kavantan – Projetos e Eventos Culturais e para o Projeto Arte na Comunidade.

Escreveu as peças Tricot (1996), As Bodas de Emília (1994), Variações Genéticas e A Farsa dos Três Santos (1992), Rabelais, Rabelais (1991), IDDEM (1989), As Quatro Estações (1987), Outono Provincial (1984), Era Uma Vez…, Aonde Vamos? (1983), As Três Faces, Sul Maravilha (1980), O Último sonho (1980) e Redivivo e Os Pintores (1980).

Como autor e diretor teatral, produziu os espetáculos O Viajante do Embaú, Os Sete Rios de Lavrinhas, A Baronesa de Queluz, Cantos e Contos do Rio Paraíba do Sul, Os Piraquaras do Vale do Paraíba, todos em 2016; Brincando entre a Serra e o Mar, Brincar de Ser, Juju e um Grande Amor: Praia Grande, Nenê Cambuquira, um Mineiro em Santos, Tuca Poderosa Brinca em Cubatão, Sher Hol Desvenda o Guarujá, Jack Lee e as Quatro Batalhas de São Vicente, em 2015; e O Ataque dos Titanossauros, O Enigma, A Batalha do Conhecimento, O Inventor de Histórias e Histórias do Pontal de Minas, em 2014.

Ficha técnica:

Texto e direção: Valdo Resende. Elenco: Roberto Arduin (Miguel, o avô), Conrado Sardinha (Ramiro), Isadora Petrin (Valentina, a prima), Neusa de Souza (mãe) e Rogério Barsan (Fortuna, o cofre). Composição da trilha sonora e direção musical: Flávio Monteiro. Figurino: Márcio Araújo Cenografia: Djair Guilherme. Iluminação: Ricardo Bueno. Adereços: Renato Ribeiro. Direção de produção: Sonia Kavantan. Assessoria de imprensa: Adriana Balsanelli. Patrocínio: Visa. Realização: Kavantan & Associados – Projetos e Eventos Culturais, Ministério da Cultura e Governo Federal – Lei de Incentivo à Cultura

Serviço:

UM PRESENTE PARA RAMIRO – circulação pelas unidades dos CEUS e Fábricas de Cultura.
Duração
: 60 minutos. Classificação: livre. Recomendação etária: para crianças entre 8 e 13 anos. Ingressos: grátis, com distribuição uma hora antes da sessão. Temporada: de 12 a 31 de outubro.

FÁBRICA DE CULTURA SAPOPEMBA – Rua Augustin Luberti, 300 - Fazenda da Juta. Quando: 12 de outubro, às 16h30. Informações: (11) 2012-5803.

FÁBRICA DE CULTURA ITAIM PAULISTA – Rua Estudantes da China, 500 - Itaim Paulista. Quando: 13 de outubro, às 15h30. Informações: (11) 2025-1991.

CEU AZUL DA COR DO MAR – Avenida Ernesto Souza Cruz, 2171 - Cidade Antonio Estevão de Carvalho. Quando: 18 de outubro, às 10h e às 14h. Informações: (11) 3397-9000.

CEU TRÊS PONTES – Rua Capachós, 400 - Jardim Celia. Quando: 19 de outubro, às 11h e às 14h30. Informações: (11) 3397-6410.

CEU UIRAPURU – Rua Nazir Miguel, 849 - Jardim Paulo VI. Quando: 22 de outubro, às 10h e às 14h30. Informações: (11) 3788-7701.

CEU PARAISÓPOLIS – Rua Dr. José Augusto de Souza e Silva, s/n - Jardim Parque Morumbi. Quando: 23 de outubro, às 11h e às 14h. Informações: (11) 3747-1963.

CEU PARQUE BRISTOL – Rua Prof. Artur Primavesi, S/N - Parque Bristol. Quando: 24 de outubro, às 10h30 e às 14h. Informações: (11) 2334-9151.

CEU VILA CURUÇÁ – Avenida Marechal Tito, 3452 - Jardim Miragaia. Quando: 25 de outubro, às 11h e às 14h. Informações: (11) 2563-6100.

CEU PARQUE ANHANGUERA – Rua Pedro José de Lima, 1020 - Anhanguera. Quando: 29 de outubro, às 9h e às 14h. Informações: (11) 3912-6020.

CEU ÁGUA AZUL – Avenida dos Metalúrgicos, 1262 - Cidade Tiradentes. Quando: 31 de outubro, às 10h30 e às 15h. Informações: (11) 3396-3534.

Veja mais notícias sobre Teatro.

Veja também: